O Que Fazer Se Ele Me Bateu?

Quando o homem bate na parceira que atitudes ela deve tomar?

Em meus artigos estou sempre chamando a atenção para o “consertar” a relação e ter persistência e dedicação para se manter vivo um relacionamento. No entanto, quando as agressões dentro de uma relação chega ao ao nível do físico, não acredito que hajam soluções.

Se por acaso você está sendo agredida fisicamente pelo seu parceiro minha opinião é firme quanto a isso, vá embora! E ponto final.
Acontece que, conforme abordei no Curso do Amor nas aulas sobre a Filosofia Oculta do Amor e do Matrimônio, tudo o que acontece no plano físico acontece anteriormente nos nossos planos superiores, dessa forma quando um homem agride fisicamente a sua parceria significa que ele já estava a um bom tempo irritado com ela no plano mental e astral. Sendo assim a agressão física foi apenas a consequência de algo muito negativo que já estava enraizado na mente e nas emoções dele.

Na minha opinião o homem que bate em sua companheira ou é muito mal educado e grosseiro, porque qualquer criança sabe que não se deve bater em uma mulher, ou ele está profundamente transtornado com a relação. Em ambos os casos não aconselho que se continue a relação. Chega! Tudo o que poderia ser feito para salvar a relação já foi feito e se não foi, agora já não há mais tempo.

Você tem de ter amor próprio levantar a cabeça e partir.
Não se humilhe.
Você tem de estar bem consciente de que ACABOU!

E se isto estiver acontecendo contigo recomendo que leia estes meus artigos anteriores para enfrentar esse momento doloroso da separação.
Como Fazer para ele Parar de Me Bater?
Meu Relacionamento Acabou, E Agora?
Coragem para Tomar Decisões
Superação da Separação – A Negociação

Sim, dói a separação mas é melhor que doa uma vez do que passar o resto da vida sofrendo ao lado de uma pessoa que não te respeita.

IMPORTANTE!

Ninguém muda, você muda!
E se alguém mudar foi porque ele quis mudar e se esforçou a isso, não cabe a você ser a “professora” dele e querer ensiná-lo a se relacionar. A vida fará isso por ele.

Acredite no Amor
e Viva o seu Melhor!!
Pâmi Garcia

Comments

  1. pamigarcia says

    Pollyana,
    minha querida, eu sei que vc o ama e que meus conselhos possivelmente não servirão de nada e que alguns erros nós infelizmente acabamos por cometer mesmo… e que no futuro vc vai lembrar que eu e muitos disseram para vc cair fora e vc não o fez…

    O que fazer? Caia fora!!!!
    Vc ainda vai errar muito no futuro e ele tb… somos humanos, erramos…

    Ele vai ter permissão para te tratar de forma violenta no futuro sempre que vc errar? Errar todos erramos e a vida se encarrega de nos trazer as consequências, não cabe a ele te agredir.

    Caia fora enquanto são apenas noivos e estão juntos a não muito tempo…

    Apenas faça isso: termine, corte laços, se proteja e não olhe para trás. Conte para suas amigas, familiares e principalmente denuncie ele a polícia, ele é um criminoso.

    Você não tem que mudar isso, vc tem que sair disso. Apenas isso: sair disso. IMEDIATAMENTE.

  2. Pollyana says

    A primeira vez ele me enforcou e me segurou a segunda vez depois mais ou menos 30 minutos e enforcou me jogou no chão me meu sócia da cabeça me enforcou na parece me levantando pra cima e me deu um soco no olho que levei 3 pontos na sobrancelha, e hoje ele me chutou quase quebrou meu braço torcendo, e evita falar comigo sempre tá tudo bem nos nos amamos, somos bem normais e do nada acontece isso eu errei com ele no passado e ele ainda tem remoções e acho que desconta toda vez que começa uma briga mais forte o que eu faço ??? Como mudo isso ? Estamos noivos e não sei o que fazer? Eu mudei me sinto louca converso só vejo coisas, eu quero morrer às vezes

  3. pamigarcia says

    Dayene, querida, eu sinto muuuuuuuito pelo que vc está passando.
    Nós todos temos essa tendência de viver o que nossos pais viveram, repetimos os mesmos padrões. A única solução é dar um basta e romper com essa tendência. Vc precisa terminar com ele, o quanto antes e nunca mais olhar para trás e no futuro, quando estiver com outra pessoa, e notar que há violência, caia fora imediatamente! Esqueça as qualidades dele e não se importe com o seu amor por ele, vc ainda vai amar uma pessoa que te ama e respeita. Confie!

  4. says

    Eu namoro já faz 11 meses , nunca imaginei passar por isso , porque eu cresci vendo isso.
    Eu tenho medo dele , da última vez ele chegou até me enforcar porque atendi um telefonema da minha mãe .
    No dia seguinte eu falei pra ele parar de me machucar , as únicas palavras que ele disse foi : Eu não gosto de mentiras.
    Tantas vezes isso já me aconteceu , até verbalmente .

    Eu amo ele , mas tudo isso me faz muito mal. Ao ponto de desistir de mim mesmo.

  5. pamigarcia says

    Meu Deus Emile… :(
    Minha querida… eu sinto muuuuuuito. Muuuuuito mesmo pelo que você está passando. Imagino que, pelas marcas no físico algumas pessoas saibam pelo que você está passando, não é mesmo? Procure deixar seus amigos e familiares saberem, ok? Já informou a polícia? Sei que ele é envolvido com politicagens, justiça e essas coisas, mas você precisa dar queixa.

    Não há a possibilidade de mudar de cidade?

    Quanto a você não ser nada perto dele, isso não é verdade. Ele que não é nada perto de você. Erga sua cabeça. Ele é um merda! E para tudo nessa vida há sempre muitas soluções, confie. Peça que Deus te mostre o caminho seguro para você e sua família sairem dessa. Escute o que estou falando, vc tem que sair dessa, o quanto antes possível, pq para não ver seu pai (possivelmente) morrer você está correndo risco de ser assassinada, o que seria uma tragédia tão grande quanto… :(

    Sai dessa.

    Peça a Deus que se apresse em te mostrar a saída, vou orar por você também!

    Deus te ilumine, fortaleça e conforte!

  6. pamigarcia says

    Mikaela,
    que homem é esse? Denuncie ele e se afaste dele. Peça ajuda dos amigos e familiares. Não tenha vergonha, quem tem que se envergonhar é ele!
    Cuide-se e cuide de seu bebê!

    Desejo que tudo se resolva em sua vida e que você perceba que é merecedora de amor e respeito!

  7. Emile says

    Sou agredida quase q diariamente, já tive a arma apontada pra minha cabeça, garganta, barriga, coração…. Já apanhei de faca e já sofri tantos outros tipos de agressões, tenho marcas enormes e dores internas piores q os machucados visíveis, gostaria de jogar tudo p alto e deixá-lo, mas não é tão simples assim. Ele é da justiça, a família tem dinheiro, ele trabalha ao lado de juizes, promotores e tantas pessoas influentes q eu não sou nada perto do q ele é, além de que se eu sair dessa casa ele disse q mataria meu pai, sei q ele não está brincando, ele é realmente capaz, então prefiro apanhar do que sair e ver a desgraça da minha família. O q fazer?

  8. pamigarcia says

    Pâmi Garcia disse…
    Olá!! Obrigada Eloá pela parabenização e pelo comentário! Obrigada Conceitos de Beleza!

    Querida amiga Anônima, nesse caso de ser agredida pelo pai mesmo depois de já ser adulta, recomendo que você mostre para ele que já cresceu e haja de maneira adulta.
    Fale de maneira firme, séria e sem aumentar ou diminuir o tom de voz, olhe nos olhos dele e sem chorar ou demonstrar qualquer tipo de emoção (qualquer tipo mesmo, nem raiva, nem mágoa, nem tristeza, zero de emoção), diga algo mais ou menos assim: “Não admito que ninguém me trate dessa maneira, não é por ser meu pai que detém esse tipo de poder sobre mim. Que isso não se repita mais, do contrário terei de tomar atitudes mais sérias. Se quiser me comunicar algo diga com palavras” Mas atenção, seja forte, fale tudo isso com calma, serenidade e tranquilidade, senão não vai causar o impacto que deve causar, ok? depois de falar isso saia de casa, vá respirar ar puro e pensar no que aconteceu e quando voltar (depois de ter retomado a calma depois de ter chorado ou desabafado com alguém) haja com naturalidade como se fosse um dia como outro qualquer e trate-o como normalmente o trata em dias comuns, dessa forma você estará transmitindo a ele a mensagem de que confia que ele não fará nunca mais esse tipo de trato com você.

    Se ele repetir, terá de tomar as atitudes que “prometeu” vá até uma delegacia e preste queixas.

    Desejo sucesso para ti e que conquiste o respeito que merece. Você não está sozinha.
    6 de março de 2011 15:17

  9. Eloá Marques disse... says

    Pâmi lindona,saudadesssss…tudo bem contigo?

    Que ótima matéria,infelizmente ainda existe muitas mulheres sendo agredidas pelo “amor de sua vida”…é necessário realmente dá um basta,denunciar e largar esse covarde…vejo recuperação até para a traição,mas para homem violento até possa existir,porém que ele busque sozinho e só volte bemmmm recuperado.

    Bom Feriadão para ti!!!

    Beijinhos :)******
    http://www.saladamista2.blogspot.com
    6 de março de 2011 02:52

  10. Anônimo disse... says

    Lindo blog. Nota mil. Fiquei pensando nessa situação, porém, se acontece se é o pai que ainda bate? Eu já tenho mais de vinte anos e meu pai ficou irritado comigo, pois não concordava com ele, me puxou pelos braços e me agrediu. Não sou mais criança e essas coisas ficam no psicológico, não sei mais o que fazer….
    4 de março de 2011 21:21

  11. Conceitus de Beleza disse... says

    Antes de amar alguém, tem que se amar!!
    Quando isso não acontece se sujeita a muitas coisas, até apanhar. Esse é um tema que sempre me deixa nervoso, não admito violência física, muito menos contra a mulher.

    Quando alguém levanta a mão, mais cedo ou mais tarde vai descer, por isso, ame-se e não permita que haja uma segunda vez. Esse é um tipo de sujeição inadmissível. Eu só vejo Duas soluções pra violência desse tipo. “SEPARAÇÂO” e “CADEIA”. Polícia gosta de homens que batem em mulher.

    Muitas vezes a ofensa verbal pode ser comparada a surra, pode haver humilhação diante de outras pessoas ou até mesmo entre quatro paredes.
    Seja como for, não pode ser admitido esse tipo de comportamento.
    4 de março de 2011 15:15

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>