Devo Mudar Meu Jeito Para Agradar O Meu Parceiro?

Sabe aquelas manias que ele/ela tem que te desagrada?
Ou aquelas manias que você tem que desagradam seu parceiro(a)?

Existem coisas em nossas vidas que são muito importantes para nós. Todos cultivamos hábitos ou maneiras de ser e agir que nos faz sentir satisfação pessoal. Pode ser: ler livros, ouvir música alta, andar de bicicleta, jogar vídeo game, assistir teatro, correr, nadar, trabalhar, estudar, viajar, dormir… São muuuitas as coisas que as pessoas gostam de fazer, se fosse enumerar tudo ficaria o dia inteiro… A pergunta é: devo mudar meu jeito para agradar meu parceiro? Esse assunto é um tanto quanto complexo, devido as variáveis envolvidas…

Vamos lá!

Você precisa observar essas questões:
As coisas que você (ou seu parceiro) julga que devem ser mudadas:
1 –  Vitais para você? Ou seja, se você eliminasse isso de sua vida, deixaria de ser feliz?
2 – São importantes, mas não lhe faria mal abrir mão disso. Você gosta, mas se não o fizer ainda será feliz.
2 – São prejudiciais para você e para aqueles que ama? Vícios em drogas por exemplo.

Note que coloquei essas situações nas cores vermelha, laranja e verde, as cores do semáforo.



O número 1
Jamais deve ser mudado, não elimine as coisas que são importantes para você.
As chances de acontecer um acidente são altíssimas!
Solução:
Converse com seu parceiro, explique para ele que compreende que, para ele, seja incomoda a sua forma de ser, mas, infelizmente, você não pode mudar isso.

O número 2
O número 2 deve ser um alerta para você. Essa é aquela situação que pode ser mudada, mas ainda não quer dizer que deva. Essa é aquela situação onde uma mudança não necessariamente será uma catástrofe, mas, fique atenta, veja se de fato pode mudar isso mesmo. Se de fato a retirada desse hábito de sua vida não lhe fará falta.
Solução:
Você precisa de muita reflexão. Encontre momentos para pensar sobre o assunto, para que possa concluir se este número 2 está mais para um número 1 ou 3.
É como quando o semáforo acabou de ficar laranja e sabemos que não será perigoso avançar, ou quando percebemos que ele está laranja a muito tempo e que ficará vermelho em breve. A pergunta é: qual é a intensidade desse laranja? Você pode ou não mudar isso? Só você pode responder. Não se precipite, pense antes de agir.

O número 3
Essas são as mudanças que você pode (e talvez até deva) realizar. Não tenha medo de promover essas mudanças elas te farão muito bem.
Solução:
Peça auxilio para seu parceiro. Peça a compreensão e paciência dele, diga que você está disposto(a) a mudar e que para isso precisa de um tempo para implementar as mudanças necessárias. Se for o caso busque a ajuda de um profissional.

Note que para usar essa técnica você precisa de autoconhecimento. Você precisa conhecer-se para poder identificar corretamente se a situação está no caso 1, 2 ou 3. Isso porque errar nessa identificação pode fazer toda a diferença entre uma escolha sensata e que fará seu relacionamento mais feliz, ou uma escolha inadequada e que tornará a relação mais difícil e desagradável.

Para ampliar seu autoconhecimento recomendo que:
# Torne-se assinante Unidarma
http://unidarma.org

# Ouça diariamente a Rádio Unidarma
http://radiounidarma.com 

—- —- —– —– —– —- —– —– —– —– —– —- —- —- —- —-

Email da leitora:


“Olá Pâmi, 
tudo  bem?


Conheci um cara na internet, ele falou que quer namorar, casar ter filhos… hoje ele disse que vai me pedir em namoro.
Eu fiz uma coisa que me deixou nervosa. Eu tenho dois MSNs diferentes, add ele no outro q tenho, ai hoje ele começou a puxar assunto comigo, me perguntando onde moro, idade, se sou solteira e eu menti, disse nome de outra cidade, idade falsa e ele nem sonha que sou eu. Ai o perguntei se ele namora, ele disse que não, ai perguntei se ele tem alguém com quem fica, ele disse que não. Ai ele falou que gosta de mulher que pega no pé, que demostra que está afim, e eu não sou assim não ligo, não mando msg românticas, nada disso, me senti mal, pq me senti como um objeto. Ele está comigo apenas até conseguir alguém do jeito que ele quer, agora não sei se termino td com ele ou começo a ser do jeito que ele gosta, pq eu estou gostando dele de verdade, sinto a falta dele, gosto de estar com ele. Preciso de conselhos, pq em relação a minha vida sentimental eu sou um desastre…
Obrigada Pâmi por td e mais uma vez parabéns…”

# Tome cuidado com isso. Você não deve se precipitar e mudar seu jeito de ser apenas para agradar outrém. Isso pode lhe ferir, além de dificultar a relação, por ser difícil sustentar algo do tipo.
Com base nas colocações anteriores, sobre o semáforo, quero que seja muuuuuito sincera consigo mesma para que possa identificar se a situação é verde, laranja ou vermelha.
Por favor, não se violente, mas também não seja “teimosa”, se algo puder ser feito, faça; mas se for para torná-la infeliz, pare! não faça.

# Vocês ainda não são namorados, ou seja, ainda não tem um vínculo mais profundo. Pergunta: Nesse caso, vale mesmo a pena aprofundar laços? Porque depois que se casarem a responsabilidade com a relação será bem maior! Pelo amor de Deus, não estou falando para terminarem, não é isso! Mas, quero que você pergunte se vale mesmo a pena seguir adiante. Você precisa se questionar.

# Reflita se você não está sendo “prática” demais no relacionamento. 
Será que você não está sendo “seca” demais com ele? Poderia haver mais dedicação para desenvolver momentos de carinho e intimidade? Relacionamentos requerem cuidados e atenção. Pense nisso!

# Pense na possibilidade de contar a ele o que você fez e pergunte o porque ele agiu como agiu. Vai ser bom aprofundar o autoconhecimento da relação. Mas, não faça isso em tom de acusação, para que ele não se coloque na defensiva e não se abra com você. Nesse caso, como você também fez algo inadequado (mentiu para ele e o conduziu a essa situação), seria ideal começar a conversa com algo do tipo: “Eu fiz algo ruim, quero que você me perdoe. Estou um pouco envergonhada… Não sei por onde começar… Vamos lá…”. Isso não é encenação e também não deve servir para você se rebaixar e tirar a responsabilidade dele por ter feito o que ele fez, não é isso. Essa é uma técnica para que ele não vista um escudo diante de ti, o que seria prejudicial para a resolução do problema. Quando ele perceber que você não o está acusando, que você admite suas falhas e que a única coisa que deseja é reparar o relacionamento ele provavelmente irá colaborar.

# Por que você criou essa situação? Por que criou um personagem? Qual era seu objetivo?

# Se precisar, entre em contato novamente.

Acesse Também:

Como Ter Um Relacionamento Melhor

Acredite no Amor
e Viva o seu Melhor!!
Pâmi Garcia

Comments

  1. pamigarcia says

    Olá querido! Obrigada pela confiança em meu trabalho!

    Amigão, eu sinto muito pelo seu mau momento, sei bem como é terrível ter de terminar um relacionamentos com quem amamos. Mas, veja bem, se você já fez de tudo e ela não muda, talvez esse seja um traço da personalidade dela, do caráter dela, entende, assim sendo, talvez ela não mude nunca. Se isso for insuportável para vc, infelizmente a única solução é mesmo o rompimento. Querido, se quiser, me envie um email p que eu libere para vc um brinde do Curso do Amor, para vc acessar uns vídeos exclusivos meus que podem te ajudar, ok?

    Obrigada!

    pami@pamigarcia.com

  2. Anônimo says

    Olá, tenho uma namorada e ela é VICIADA em ficar no celular, sei que ela só fala cm as amigas, mas mesmo assim, ela fica direto. Ja conversei, ja brigamos por causa disso e ela vem sempre falar que vai mudar, mas não muda. E eu sinto que falta, as vezes, interesse da parte dela para que nosso relacionamento dê certo, sinto que eu faço mais pela relação do que ela. Sempre quando discutimos, ela prefere ficar de cara feia, mechendo no celular, do que vir falar cmg e tentar resolver o desentendimento. Eu á amo, mas nao quero continuar desse jeito, pq sei que uma hora ou outra vai ser inevitável o fim, poderias me ajudar?

  3. Carol says

    Olá eu ja passei por esta experiência com meu ex namorado.Namoravamos e ele sempre me cobrava em ser menos tímida e falante quando combinávamos de sair com Os Amigos dele. Eu sempre me irritava e ficava calada qd tocava no assunto.Quando ele me conheceu nunca fui de muitas palavras.O namoro acabou terminando por causa disso por muita cobrança e diferenças .Tentei entender o quanto era importante pra ele que eu mudasse,foi uma pena ele nao ter muita paciência com a minha timidez.

  4. Pop Blogs disse... says

    Muito interessante esta postagem!

    A Internet no Brasil realmente precisa de postagens de qualidade como estas que você está nos oferecendo.

    Conheça também o novo agregador Pop Blogs que está bombando na internet: http://www.popblogs.net

    18 de dezembro de 2011 15:57

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>