Sobre a Mulher Submissa

casal-sem-crise-10-dicas-que-o-casal-necessita-para-ser-feliz

Antes de mais nada, preciso definir o que é ser submissa. Vamos lá, observe com atenção:

- Ser submissa não é ser inferior;
- Ser submissa não é ser subserviente;
- Ser submissa não é ser escrava;
- Ser submissa não é ser abusada, agredida ou violentada.
Muito pelo contrário…
- Ser submissa é criar espaço e possibilidade para ser mais amada;
- Ser submissa é ter voz;
- Ser submissa é respeitar a natureza das coisas. Veja bem, geral a mulher tem mais tranquilidade em ser liderada que ao contrário

Por falar em ser liderada, nós temos uma visão muito fantasiosa sobre ser líder (patrões, e chefes deixem seu comentário para me ajudar) acreditamos equivocadamente que ser líder é só mar de rosas e que é sempre melhor liderar que ser submisso. Evidentemente aqui, como dito anteriormente, não digo que a mulher seria a figura do empregado. Quero dizer que no nosso mundo é difícil encontrar equilíbrio e igualdade, para fazer o relacionamento a dois ser igualitário precisamos fazer o homem se sentir no comando… Só se sentir… pastor Claudio Duarte, me ajuda aqui? Dá uma olhada nesse vídeo:

O homem é melhor companheiro quando ele pensa que só ele está no total comando. Isso é machismo? É cafona? É careta? Ultrapassado ou sei lá que adjetivo você quer usar? Pode ser… pode ser… Mas, não estou aqui para julgar se as coisas são corretas tais como são ou se são injustas. Estou aqui para dizer como as coisas são e te dar algumas orientações sobre como “dançar conforme a dança” e ser e fazer mais feliz, entende?

Em geral, quando um homem começa a perder a sensação do controle ele perde a graça, o brilho e o amor, ele passa a fazer as coisas  para ela “porque se não já viu, né?  Se não fizer…“… Não é mais por amor e tal, mas é por “medo da fera”. Pense bem! Pense bem!!

Aprenda a Amar e
Viva Bem Melhor!!

Pâmi Garcia

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>